quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Colaborador do Sopé da Montanha oferece livro à Paróquia e ao Jornal


Este livro, Conversas com Maria, nasceu da vontade de dar continuação ao que se tornou, nos últimos anos, uma necessidade espiritual minha, que começou com o livro Vida e Alma e prosseguiu nos Caminhos para Deus.
A carência de valores verificada na sociedade actual, a globalização e o abandono de alguma prática religiosa constituem uma preocupação da Igreja, do Papa e dos muitos católicos que ensaiam resistir a todas estas perdas.
Devo confessar que também sofro as conse­quências dessas circunstâncias e, a meu modo, vou lutando para elas não me marquem nem se apoderem de mim
Seja por sentir que o mundo ainda é marcadamente masculino, ou seja pelo resultado das transformações sociais que atrás referi, o certo é que ultimamente  comecei a ter a percepção de que se se tornava urgente reflectir no papel de Maria, a Virgem Mãe, na Igreja Ou, dito de outra forma, senti que se tornava cada vez mais necessário repensar o lado feminino de Deus.
Eu mesma, apesar de ser mulher, rezava muito mais à Santíssima Trindade do que à Mãe de todos nós. Foi essa constatação que me alertou e espoletou o desejo de mergulhar no Seu mundo, para vir a descobrir a gradeza do mesmo.
       A partir daí e além de partilhar com o leitor as minhas preces Àquela que, creio, me tem sob a sua protecção, este livro faz uma recolha de orações, eruditas e populares, que, pese embora representem uma visão muito pessoal, podem permitir a cada um a sua própria reflexão.
        Será, também, devo confessá-lo, uma forma de homenagear o Ano Mariano, ao qual a vinda do   Papa Francisco a Fátima dará grandeza especial. 
          É o fruto desse trabalho que aqui vos deixo, na presunção de que ele possa trazer-vos tantos benefícios como aqueles que eu, inesperadamente, colhi.
O sr. José António Pais Dias, assinante e colaborador do jornal Sopé da Montanha, em visita ao Director do jornal, ofereceu este livro de Helena Sacadura Cabral, com a dedicatória: "Para a Paróquia de Tarouca e o seu jornal Sopé da Montanha."
Ficamos-lhe muito gratos, quer pela amável visita, quer pelo livro que ofereceu.
Muito obrigado.

Sem comentários: